Atenção com os fornecedores

No último fim de semana, durante uma reunião de assessoria com clientes, foi-me dito que faziam questão de uma mesa no salão para seus fornecedores (fotógrafos, cinegrafistas, assessoras etc). Fiquei surpresa. Estou há pouco tempo no mercado de casamentos, como assessora (apenas um ano e meio), e, talvez por isso, nunca tenha visto antes tamanha atenção com os fornecedores. Passei a me questionar sobre isso e notei que, como assessora, sempre me preocupei em reservar um tempo para os fornecedores descansarem e comerem, mas, nunca pensei que uma mesa no salão, entre os convidados, fosse uma opção. Normalmente, indico a sala da noiva para esse fim. Entretanto, houve alguns espaços onde faltava este ambiente, e foi necessário improvisar: a equipe se espalhou pela cozinha, corredores internos, escritórios ou em qualquer ambiente longe dos olhos dos convidados e que tivesse ao menos um lugar para sentar.

 

Horas trabalhadas

É comum trabalharmos durante 12 horas em casamentos, então, faz-se mais que necessário uma pausa e ao menos uma refeição. Mas, grande parte dos noivos não se preocupam com isso, pensando exclusivamente em seus convidados, e não nas pessoas que trabalham duro para que o casamento seja perfeito.

 

Casos

Posso relatar um episódio em que assessorei um casamento no qual o buffet se recusou a servir alimentação; em outro, a refeição se deu em pé, na lavanderia do espaço, e menu composto por pão com mortadela, de que gosto, mas, trabalha-se horas a fio vendo os convidados se deliciarem dos mais lindos pratos e nem ao menos uma refeição lhe é servida.

 

Dica

Se há preocupação de que qualquer serviço seja pausado para que o fornecedor se alimente, basta que isso aconteça na mesma hora em que casal faz a sua refeição. Nesse momento, não há a necessidade de fotos ou outros cuidados. Assim, todos comem, descansam alguns minutos, e o desenrolar do casamento não é prejudicado.
E, por que também não liberar, aos profissionais, os doces e o bolo, já que isso não é comum? Um singelo exemplo que gostaria dividir com vocês: uma vez encerrado certo casamento, o noivo convidou a todos que fizessem uma pausa e que também degustassem o bolo.

Bolo de casamento Dourado com Flores Naturais

 

Contrato

Como exemplos como este são a exceção e, devido à desvalorização do contratante pelo contratado, muitos fornecedores já estão incluindo em seus contratos uma cláusula que assegure a refeição e um lugar adequado para isso.

 

Atenção

Espero que, por ler este post, em seu próximo evento, você valorize de maneira adequada os fornecedores que contratar. Pois, eles ali estão, tanto quanto seus convidados, para fazer com que seu dia seja incrível.

 

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *