5 Principais tipos de buquê de noiva

Após a escolha do vestido e do véu, o próximo item a se combinar é o buquê. Para te ajudar nessa etapa, a seguir, falo sobre os cinco principais tipos de buquê de noiva e suas combinações ideais.

 

Buquê Cascata

Por sua suntuosidade, ele é ideal para noivas tradionais, casamentos noturnos e combinam perfeitamente com luxuosos vestidos. Seu formato se assemelha a um cacho de uva, com as flores em leve queda central.
Esse modelo esteve em desuso por um longo período, mas, voltou a ser tendência recentemente pois foi repaginado. Agora, ele está um pouco mais comprido e menos compacto. Por ser um modelo grande, é indicado para mulheres altas e longilíneas. Noivas mais baixas, devem optar por cascatas menores para não achatar a silhueta.

Buquê Redondo

O preferido das noivas românticas e despojadas. Ideal para cêrimonias diurnas e, especialmente, casamentos no campo.
É certamente o modelo mais escolhido pelas noivas. Então, para dar um diferencial ao arranjo, opte por mesclar varios tipos de flores e folhagens.

Buquê Assimétrico

Esse formato está em alta no momento. Ele combina com praticamente todos os estilos de vestidos e permite o uso diversos tipos de flores e folhagens.
Para um toque moderno ao arranjo, sugiro a combinação de no mínimo quatro cores.

Buquê Braçada

Normalmente esse tipo de buquê requer flores de caule longo, pois, ele deve ser apoiado não somente nas mãos, como também no antebraço. Indicado para noivas estilosas e modernas, com cerimônia preferencialmente diurna.

Flor Única

Extremamente delicada, a flor única, por vezes, destaca-se ainda mais que um buquê repleto de flores. A peônia tem sido a mais escolhida pelas noivas, mas, outrora a orquídea tenha sido tendência .
Ideal para a noiva de vestido moderno ou vintage, que busca um charme a mais ao look, com leveza e descrição.

Para um Buquê de Noiva Perfeito

Independentemente da escolha do buquê, fique atenta á proporção do mesmo em relação a sua altura e ao volume do vestido. Noivas mais altas devem optar pelos arranjos maiores e as mais baixas, pelos menores.

 

Já escolheu o seu? Conte-me nos comentários!

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *